Poema a Um Pai Adotivo

Quando eu era criança, ( um ano atrás hahahahaha ) tínhamos algumas manias legais, coisas que já não existem mais nos dias de hoje ..

Quem tiver um pouco mais de 20 anos vai se lembrar do carderno de perguntas que circulava pela escola e na rua. Era a maneira de sabermos um pouco mais sobre aquele menino ou aquela menina que estávamos afim, onde a pergunta mais cabeluda do caderno era : ”Quantos meninos você já beijou?” ou ainda “Se você tivesse que escolher alguém para beijar quem seria???”. Hoje com o Orkut toda essa magia foi perdida.

Além do caderno de perguntas, também tinha a pasta de papel de cartas…… qual menina que não tinha uma hein ???? eu tinha logo 2 uma só de papeis de carta importados que ficava mais do que escondida hahahahahahahaha.

Sem falar no caderno de poesias… ai ai .. nossos tempos de poeta quando sofríamos por amor pelo menino da quinta série hahahaha ou mesmo por inspiração !!!

Caracas ….. e os bailinhos na garagem??? Hahahaha cada final de semana era na garagem de um, onde o buffet se resumia a tang e salgadinho. E era tudo muito divertido sem maldade.

Mas esse post do Túnel do Tempo na verdade é porque me lembro que na minha pasta de poesias havia um poema que na minha opinião era o mais lindo e emocionante chamado “Poema a um pai adotivo”, que com o tempo foi perdido …

Hoje lembrando essa época lembrei-me do poema e graças ao santo google eu achei ele novamente. Porque não posta-lo não é verdade???

Pai, quando você morrer
Eu não vou chorar.
Pra compensar todo o pranto que você me obrigou a derramar.

Pai, quando você morrer.
Eu não quero lembrar sua existência
Pra compensar toda a vida que você esqueceu que eu tinha.
Pai, quando você morrer, eu vou pôr roupa branca.
Pra compensar toda paz que você me impediu de ter.
Pai, quando você morrer, eu não vou à missa.
Pra compensar os pecados que eu paguei mesmo inocente.
Pai, quando você morrer, eu quero gritar bem alto.
Pra compensar toda mágoa, que você me fez sofrer calado.
Pai, quando você morrer, eu vou levantar os olhos.
Pra compensar todas as vezes que eu chorei cabisbaixo.
Pai, quando você morrer, eu vou tomar um porre.
Pra compensar todas as vezes que você me aporrinhou.
Pai, quando você morrer, eu vou cuspir todo o ódio.
Pra compensar o instante em que você me cuspiu de sua vida.
Pai, quando você morrer, eu vou te olhar de frente.
Pra compensar todas as vezes que você me deu as costas.
Mas Pai…
Enquanto você for vivo
Eu vou escrever um livro
Pra dizer que não sou culpado.
Pois quem me dera ao invés de adotivo,
Viciado, marginal e revoltado.
Eu fosse só, tão somente.
Um menor abandonado.

O Poema é muito bonito e emocionante …

Saudade daqueles tempos !!!!

Kenia Milene

Procedimento de Instalação do Oracle 9i (9.2.0.7.0) no Red Hat Linux Enterprise AS4

Pois é minha gente …. já estamos no 11G mas temos muitas bases de produção em 9i, e o que fazemos em um caso de crash do servidor onde temos que reinstalar sistema operacional, banco .. TUDO !!!!!!
Como diria o poeta Carlos Drummond de Andrade:

“ E agora, José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José?

e agora, Você? …”

Agora amiguinho senta la na frente do servidor e mão na massa !!!!

Bom .. o Marcos Camargo – DBA Oracle me enviou um procedimento de instalação do Oracle 9i no Red Hat Enterprise (Case dele) que acho bacana publicar, afinal …. pode ser útil !!!!

01. Instalar o RedHat AS4 no servidor

Configuração de Hardware:

– ITAUTEC 1140S
– P4 2.8 (Ghz 200 x 14.0)
– RAM 512 MB
– BIOS 925 x/XENEO w705311cv1.7b

Verificar qual o tipo de Sistema Operacional

# uname –a
# rpm -qa –queryformat “%{NAME}-%{VERSION}-%{RELEASE}.%{ARCH}\n” | sort

02. Instalar os Componentes de SO Requeridos

Verificar a “Nota 303859.1 – Requirements for Installing Oracle 9iR2 on RHEL 4”

2.1. Minimum Software Requirement

Componentes de SO requeridos

– compat-db-4.1.25-9
– compat-gcc-32-3.2.3-47.3

– compat-gcc-32-c++-3.2.3-47.3

– compat-oracle-rhel4-1.0-3

– compat-libcwait-2.0-1
– compat-libgcc-296-2.96-132.7.2

– compat-libstdc++-296-2.96-132.7.2

– compat-libstdc++-33-3.2.3-47.3
– gcc-3.4.3-9.EL4
– gcc-c++-3.4.3-9.EL4

– gnome-libs-1.4.1.2.90-44
– gnome-libs-devel-1.4.1.2.90-44
– libaio-devel-0.3.102-1

– libaio-0.3.102-1

– make-3.80-5

– openmotif21-2.1.30-11

– xorg-x11-deprecated-libs-devel-6.8.1-23.EL
– xorg-x11-deprecated-libs-6.8.1-23.EL

Baixar o “Patch 4198954 – COMPATIBILITY PACKAGES FOR ORACLE ON RHEL 4”

– Descompactar e executar:

# unzip p4198954_40_LINUX.zip
# rpm -ihv compat-oracle-rhel4-1.0-5.i386.rpm
# rpm -ihv compat-libcwait-2.1-1.i386.rpm

Depois de instalar o Patch 4198954, alguns erros podem ocorrer no Shutdown e Startup do servidor.

2.2. Environment

Variável de configuração requerida

# export LD_ASSUME_KERNEL=2.4.19(.bash_profile do oracle)

Verificar os parâmetros dos semáforos
# cat /etc/sysctl.conf

Alterar as configurações do kernel em /etc/sysctl.conf

#nome do host completo !!
kernel.hostname = yourhost.yourdomain.com

#nome correto do domínio !!
kernel.domainname = yourdomain

fs.file-max = 327679

Semáforos requeridos do kernel:

# echo 100 > semmni
# echo 256 > semmns
# echo 100 > semopm
# echo 100 > semmsl
# echo 100 > shmmni
# echo 2097152 > shmall
# echo 2147483648 > shmmax

Para ativar as novas configurações

# sysctl -p

O comando deve mostrar o nome do host completo

# hostname
hostname.domainname

Os seguintes ajustes do ambiente são requeridos para o usuário do Unix que executa a instalação (por exemplo oracle)

# umask
0022

# echo $LD_ASSUME_KERNEL
2.4.19

Se algum pacote de Java estiver instalado no sistema, desconfigure todas as variáveis de ambiente de Java (por exemplo JAVA_HOME).

O usuário do Unix que executa a instalação (por exemplo oracle) não deve mandar o Oracle instalar as variáveis relacionadas ajustadas pelo defeito. Por exemplo, ajustando ORACLE_HOME, o PATH, LD_LIBRARY_PATH para incluir binários do Oracle em .profile , .bash_profile , .log na lima e /etc/profile.d devem completamente ser evitados.

Mover a biblioteca e alterar o path

# mv /usr/lib/libcwait.so /lib/libcwait.so

# cat /etc/ld.so.preload
/usr/lib/libcwait.so (*** Alterar esta linha para /lib/libcwait.so )

# vi /etc/ld.so.preload

Depois da alteração, o arquivo deverá mostrar:

# cat /etc/ld.so.preload
/lib/libcwait.so

Adicionar os parametros de semáforos

# cd /proc/sys/kernel

echo 100 32000 100 100 > sem
echo 2147483648 > shmmax
echo 4096 > shmmni
echo 2097152 > shmall
echo 65536 > /proc/sys/fs/file-max

ulimit -n 65536

echo 1024 65000 > /proc/sys/net/ipv4/ip_local_port_range

ulimit -u 16384

Executar o comando para ativar estas novas configurações

# sysctl -p

03. Criar diretórios

# mkdir /ora9i

04. Copiar as mídias para o diretório

# cp /media/cdrom/ship_9204_linux_disk1.cpio.gz /ora9i/
# cp /media/cdrom/ship_9204_linux_disk2.cpio.gz /ora9i/
# cp /media/cdrom/ship_9204_linux_disk3.cpio.gz /ora9i/

05. Criar os usuários e grupos necessários para instalação e administração do Banco

# groupadd dba
# groupadd oinstall
# groupadd oper
# useradd -c DBA -g oinstall -G dba oracle

Isto irá criar o user “oracle” com o grupo primário “oinstall” e secundário “dba”

06. Criar os diretórios do Oracle para instalação

# mkdir /u01 /u02
# chown oracle.dba /u01 /u02
# chmod 755 /u01 /u02

07. Criar uma senha para o usuário “oracle”

# passwd oracle

New UNIX password:
Retype new UNIX password:

08. Criar as variáveis de ambiente para o user oracle

# su – oracle

$ pwd
/home/oracle

$ ls –la

Editar .bash_profile e incluir as seguintes abaixo

$ vi .bash_profile
ORACLE_BASE=/u01/app/oracle
ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/9.2.0.7.0

*** muda conforme o banco a ser criado ***
ORACLE_SID=prd

PATH=$PATH:$ORACLE_HOME/bin
LD_ASSUME_KERNEL=2.4.19
LD_LIBRARY_PATH=$LD_LIBRARY_PATH:$ORACLE_HOME/bin:$ORACLE_HOME/network/lib

export PATH ORACLE_BASE ORACLE_HOME ORACLE_SID
export LD_LIBRARY_PATH LD_ASSUME_KERNEL

09. Alterar o owner/grupo Recursivamente dos diretórios

# chown -R oracle.oinstall /ora9i
# chown -R oracle.oinstall /Download_Oracle9i

10. As Mídias

Descompactar as mídias em /ora9i como usuário oracle

$ gunzip ship_9204_linux_disk1.cpio.gz
$ gunzip ship_9204_linux_disk2.cpio.gz
$ gunzip ship_9204_linux_disk3.cpio.gz

queimar as mídias

$ cpio -idmv < ship_9204_linux_disk1.cpio
$ cpio -idmv < ship_9204_linux_disk2.cpio
$ cpio -idmv < ship_9204_linux_disk3.cpio

11. Executar a instalação com Oracle Universal Installer

** DESATIVE A TECLA NUM LOCK, SENÃO A INSTALAÇÃO FICA TRAVADA !!! ***
Essa foi uma indicação do suporte da Oracle !!!

** Por problemas causados pelo o dicionário de dados Oracle, o export/import não funciona corretamente. Deve-se instalar, atualizar e depois criar os bancos desejados. ***

$ cd /ora9i/Disk1
$ ll

$ ./runInstaller

Quando for solicitado, abrir outra janela e logar com root.

$ su – root
login:

Como root:

# cd /u01/app/oracle/product/9.2.0.7.0
# ./root.sh

12. Aplicar o patchset 9.2.0.7

$ mkdir /ora9i/patch_set_9207

Copiar do CD01 o arquivo p4163445_9207_LINUX.zip

$ cd /ora9i/patch_set_9207
$ unzip p4163445_9207_LINUX.zip
$ cd disk1

Selecionar o OraHome

$ ./runInstaller

Executar numa janela em separado

$ root.sh

13. Dicas úteis

* character set.: WE8ISO8859P1

* diretório_base: /u01/app/oracle/product/9.2.0.7.0

* grupo unix….: oinstall

* database file.: /u01/app/oracle/oradata

* ativar console:

$ cd $ORACLE_HOME/bin
$ oemapp console

* Verificar a configuração do listener.ora

* para ativar/desativar via dbstart/dbshut

* Comentar no sqlnet.ora

### SQLNET.AUTHENTICATION_SERVICES= (NTS) ### SR.6242748.993 – 08/04/2007 ###

É é isso ai pessoal ..

Marcos, Obrigado por contribuir com o Blog, e as duvidas que o pessoal postar fique a vontade pra responder !!!!

Kenia Milene

Alterar Hora no A1200 (Horario de Verao)

Pois é minha gente … mais um ano já está chegando ao fim, e temos que alterar nossos relógios para o maldito horário de verão … Como eu odeio ele !!!!

Mas enfim …. para quem tem o Motorola A1200 como eu, segue a dica de como alterar a hora:

No painel de menus, clique em hora mundial, então vai aparecer os horários de vários países.

Clique na opção Brasília e adiante o relógio em 1 hora ..

Olha !!! Na minha humilde opinião acho que a hora deveria ser fornecido pela operadora .. assim não teríamos que fazer esse tipo de alteração e nem nos preocupar se esta adiantado ou atrasado.

Há algum tempo atrás a VIVO fornecia esse tipo de serviço, agora já não sei mais, mesmo porque uso TIM.

Abraço a todos

Kenia Milene

Exportar e importar dados do SQL Server com linha de comando (BCP)

 Bom amigos … todos conhecem o SQL Server e todas as suas ferramentas gráficas não é mesmo ????

 Pois existe uma maneira rápida, fácil e pratica de exportar (dump) e importar (restore) de uma base de dados SQL Server sem usar essas pesadas ferramentas.

O BCP (Bulk Copy Program) nos da à possibilidade de exportação e importação de dados através de uma simples linha de comando.

Para facilitar a vida é mais pratico criar arquivos bat que segue abaixo:

 

Exportanto

 

Bcp_exp.bat

 

Set Server=IP

Set DbUser=sa

Set DbPwd=SENHA

 

Bcp BD..TABELA OUT CAMINHO\tabela.bcp –o CAMINHO\tabela.log_exp –S%Server% -U%DbUser% -P%DbPwd% -c

Bcp BD..TABELA2 OUT CAMINHO\tabela2.bcp –o CAMINHO\tabela2.log_exp –S%Server% -U%DbUser% -P%DbPwd% -c

 

pause

 

Muito importante lembrar que existem problemas de versão, ou seja, exportação e importação entre Sql Server 2000 e 2005. Sendo assim para que não existam problemas, usamos o parâmetro –c

 

Importando

 

Bcp_imp.bat

 

Set Server=IP

Set DbUser=sa

Set DbPwd=SENHA

 

Bcp BD..TABELA IN CAMINHO\tabela.bcp –o CAMINHO\tabela.log_imp –S%Server% -U%DbUser% -P%DbPwd% -c

Bcp BD..TABELA2 IN CAMINHO\tabela2.bcp –o CAMINHO\tabela2.log_imp –S%Server% -U%DbUser% -P%DbPwd% -c

 

pause

 

PS: Substitua os valores em azul negrito pelos seus dados

E era isso ….

Boa Sorte !!!

 

Kenia Milene

Cada Volta é um Recomeço ….. !!!!

   É isso ai minha gente !!!

   Depois de “alguns dias” de geladeira aqui estou eu novamente …

   Muitas coisas aconteceram nesses “alguns dias” que me fizeram entender que nem sempre o que julgamos ser bom .. realmente é bom .. e o que julgamos ser ruim é realmente ruim. Posso dizer isso por experiência própria.

   Hoje após esse período de aprendizagem vi que o “Cara La De Cima” tinha algo muito bacana reservado pra mim … mas que para que eu pudesse entender a magnitude disso tudo eu tinha que passar por algumas provas.

   Bom caros amigos, hoje com a casa quase totalmente em ordem e vivendo novas experiência posso dizer que sou uma pessoa completa e pronta para novos desafios ..

   Abraços a todos

 

   Kenia Milene